Balanced Scorecard | PromoveFácil
Você está aqui: PromoveFácil » Negócio » Balanced Scorecard

Balanced Scorecard

20 de fevereiro de 2019

Ferramentas antigas, resultados atuais

As ferramentas disponíveis hoje para se administrar uma empresa são muitas. Sistemas de CRM (Costumer Relashionship Management), reuniões, integrações, livros, resumos. As maneiras de se otimizar uma gestão e de proporcionar aos funcionários maneiras facilitadas de criar estratégias e conseguir construí-las aumentam diariamente.

É bastante comum que estudiosos e pessoas que atuam com administração e estratégias em geral diariamente publiquem o resultado de suas práticas ou estudos para que a comunidade toda possa aproveitar um pouco de cada estudo publicado em sua rotina. As empresas, principalmente, tendem a buscar novas maneiras de criar técnicas para buscar a melhoria de seus processos, sistemas e, é claro, na maneira de executá-los.

Uma das ferramentas que mais são utilizadas desde o período dos trabalhos em grupo na faculdade até a prática das reuniões e táticas empresariais é o Balanced ScoreCard, método criado por professores de Harvard que previram a necessidade de criar uma técnica que tem como objetivo avaliar as práticas utilizadas nas empresas e colocá-las de maneira visual e de fácil entendimento.

O modelo é baseado em alguns indicadores que prezam pelas melhorias internas empresariais, considerando a maior parte dos setores que integram o funcionamento da companhia: financeiro, clientes, processos internos, aprendizado e crescimento. Só a partir desses itens, existe muita coisa para completar os estudos que avaliam os indicadores e suas maneiras de serem aplicadas nas práticas empresariais no dia a dia.

Cada um desses itens conta com uma descrição considerável, com vários fatores relevantes. As metas, os controles do que está sendo feito para buscar essas metas e a maneira como tudo isso está sendo realizado são peças essenciais desse quebra-cabeça que é o Balanced ScoreCard. A técnica garante visualização bem ampla e clara para todos que tiverem acesso aos organogramas criados para expor as características de cada setor. A intenção do BSC é indicar quais são as melhorias a serem alcançadas e refletir quais são os resultados das medidas que já foram tomadas para o alcance das metas definidas.

A técnica utilizada no BSC já foi nomeada pela revista da Universidade de Harvard como a melhor técnica de gestão empresarial dos últimos 75 anos, o que confere à técnica a credibilidade necessária para que pelos menos suas estratégias sejam testadas nas empresas. As avaliações de desempenho empresarial são extremamente necessárias para que a identificação de possíveis falhas seja feita e também para que novas estratégias possam ser traçadas a partir de fatos, e não somente na base da tentativa e do erro. Saber qual é a melhor maneira de buscar um objetivo é passo essencial para que isso aconteça.

É para todo mundo!

Pequenas, médias ou grandes empresas podem e devem abusar das ferramentas da administração e do marketing criada pelos sábios que as publicaram. Essa prática não exige nenhum tipo de gasto que não seja o tempo dos funcionários que desenvolverão os organogramas para que estes sejam saudavelmente discutidos entre os colaboradores em busca de melhorias, sempre. São vários os itens que podem ser avaliados a partir do Balanced ScoreCard, basta saber explorá-lo.

Fábio Pereira