Você está aqui: PromoveFácil » Negócio » Empreendedorismo por Necessidade

Empreendedorismo por Necessidade

Empurrãozinho

Ser demitido, não estar satisfeito com o ambiente de trabalho atual, corte de funcionários, nenhuma expectativa de crescimento… Esses são alguns dos motivos que fazem com que as pessoas repensem muitas coisas em suas vidas profissionais. Algumas pessoas já começam a pesquisar o mercado e sobre como ele está receptivo ou não a profissionais que tem as mesmas qualificações que você, ou então novos contatos profissionais começam a ser feitos. Outras pessoas, já estão com uma expectativa diferente sobre o que o trabalho deve significar, quais devem ser seus resultados, e qual a importância dele para o dia a dia e a vida em geral. Para as pessoas que pensam em mudar completamente suas rotinas e o sentido de seus esforços para com o mundo do trabalho, e resolvem se tornar empreendedores. Quando as cosias começam a não funcionar mais nas empresas em que trabalhavam, o empreendedorismo e a possibilidade de usar o conhecimento já adquirido durante a carreira passam a ser realidades bem possíveis para quem busca novos desafios.

O Brasil está passando por um momento em que o empreendedorismo é incentivado em alguns sentidos. Muitas novas escolas falando sobre startups e a possibilidade de criar empresas e modo de fazer negócios que ainda não existem. Não que seja necessário reinventar a roda, mas sim, é extremamente necessário reinventar o modo como a mecânica do trabalho funciona. No escritório, por exemplo, um ambiente quase sempre que sem janelas, com pessoas trabalhando incessantemente durante 10 horas diárias, é um local que grita por um gestor capacitado suficiente para dar à sua equipe significado em tudo o que elas fazem durante todo o tempo que dedicam à empresa. Por mais que o salário seja recompensador, o lado humano deve ser considerado. Sempre.

Um novo jeito de trabalhar

Depois de passar alguns anos sendo funcionário e tendo tomado a decisão de se tornar empresário, novos desafios serão observados. É verdade que não tem mais chefe chato, mas a novidade é que você é o chefe chato. Ao perceber a urgência que um negócio pede durante sua existência, naturalmente as pessoas começam a observar e lembrar situações que possivelmente julgaram seus superiores por não saber como é o sentimento de ser totalmente responsável pelos resultados apresentados pelos funcionários e também pelo modo como os funcionários se sentem durante o expediente. A responsabilidade é grande, e é diferente da existente quando se é funcionário.

Existem sim várias vantagens de ser empresário e criar uma empresa do zero considerando seus valores e objetivos. Porém, de qualquer maneira, será necessário lidar com pessoas que observam o mundo e tem objetivos diferentes, o que faz com que o relacionamento interpessoal deva ser ainda mais desenvolvido. Os resultados serão consequência do esforço dedicado pelo novo empresário, e é claro, sua força de vontade para prosperar sem desistir na primeira oportunidade. Dificuldades que antes nunca haviam sido vistas existirão e jeitos diferentes de ver o mundo em geral também serão percebidos. O resultado será além de uma grande experiência profissional, uma experiência pessoal que irá abrir portas para um novo jeito de trabalhar todos os dias, mas com objetivos diferentes dos que existiam quando se era funcionário.

Fábio Pereira
Últimos posts por Fábio Pereira (exibir todos)